O STF decidiu, em sede de tema de repercussão geral – o que significa dizer que a decisão possui efeito vinculante a todos os julgadores – que o ICMS deve ser excluído da base de cálculo do PIS e da COFINS, implicando aumento do resultado econômico e diminuição na saída do fluxo de caixa.